Aguarde
por favor


Processo Formação

A formação assume uma importância estratégica pelo que constitui um dos vectores fundamentais da Política da Qualidade da empresa. A Valpi, nos últimos anos, tem-se pautado por uma constante e dedicada procura da satisfação dos seus clientes, tendo conseguido em 2003, a certificação do seu sistema de gestão da qualidade pela norma NP EN ISO 9001:2000. Desta forma, atendendo aos princípios de gestão da qualidade subjacentes ao referencial normativo mencionado, compete à Valpi Bus proporcionar a todos os seus colaboradores as competências necessárias à execução das suas tarefas que afectem a qualidade do serviço prestado.



No sistema de gestão da qualidade da Valpi, o processo de formação, não só, serve para identificar as necessidades de formação dos colaboradores, mas, também, para definir acções concretas, responsabilidades, planos de formação sistemática dos colaboradores e assegurar que as acções de formação sejam bem administradas e concluídas de um modo organizado, por forma a ter pessoal com competências necessárias para a operação eficaz e eficiente da organização.

Objectivos de formação

Motoristas


Para a função motorista a Valpi Bus intensifica a formação num dos aspectos mais importantes para garantir um serviço de qualidade: "Segurança Rodoviária".
A aposta na formação de motoristas tem-se revelado um grande sucesso na empresa, seja pela valorização dos motoristas mas, principalmente, pelo facto de nos últimos anos o número de acidentes ter reduzido e o nível de satisfação dos nossos clientes ter aumentado de forma evidente (informação recolhida através de inquéritos de satisfação de clientes).

Operacionais de Manutenção

Para os colaboradores da área oficinal existe a forte preocupação em garantir elevados, e actualizados, níveis de conhecimento técnico de todos os órgãos fundamentais de uma viatura, tendo em consideração a aquisições de novas viaturas levadas a cabo pela empresa.

Administrativos

Ao nível administrativo foram, efectuadas, observações em posto real de trabalho, com enfoque nas seguintes questões: Qualidade do trabalho, quantidade do trabalho, conhecimentos profissionais, adaptação profissional, iniciativa, responsabilidade e relacionamento humano. Desta análise, ficou claro a importância de promover um curso que abordasse temas de relacionamento interpessoal e de liderança.